top of page

Carreira

Iniciou seus estudos em 2004 na Rua da
Cidadania do Boqueirão com o professor Jean
Gabriel, nesse mesmo ano realizou seu primeiro
recital solo.
Entre 2009 e 2012 concluiu o bacharelado em
violão na Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Paralelamente aos estudos acadêmicos,

Walmor participou de inúmeros
festivais de violão pelo Brasil e também obteve
aulas particulares de Henrique Pinto e
posteriormente de Fábio Zanon. Em 2013
participou do Festival Internacional de Koblenz
(Alemanha), em que foi subsidiado pelo
Ministério da Cultura (Minc) através do
programa de intercâmbio e difusão cultural,
sendo o único artista solista selecionado.

20231130_184749.jpg

No ano de 2015 deu início à carreira internacional no VI Andes y Sierras Guitar Festival (Argentina). Em 2016 participou do 3° Festival Guitare em Cevennés (França),

e foi convidado a realizar um concerto em um dos maiores festivais de música do Brasil, na edição nº XXXIV da Oficina de Música de Curitiba e posteriormente nos anos de 2018, 2019, 2022 e 2023 também se apresentou nas respectivas edições da Oficina. 2017 formou-se Mestre pela Universidade de Alicante (Espanha) através do “V Máster de Guitarra Clásica” onde estudou com os maiores violonistas da atualidade, com destaque para David Russell, Manuel Barrueco, Pepe Romero, Duo Assad, Fábio Zanon e Xavier Diaz-Latorre. Em 2018 realizou uma turnê de 18 recitais nas maiores cidades do Estado do Paraná, através do PROFICE. No ano de 2019 realizou sua estreia frente à Camerata Antiqua de Curitiba, uma das mais importantes orquestras de Câmara do Brasil e lançou seu primeiro álbum intitulado “Recital”. Em 2021concluiu seu segundo mestrado na Unespar –EMBAP. Já no ano de 2022 se apresentou no Especial de Dia das Mães, junto à  Orquestra Sinfônica do Paraná em Curitiba. Em 2023, Walmor realizou concertos em homenagem a Sérgio Abreu, um deles na icônica Capela Santa Maria. Ainda no mesmo ano fez sua estreia frente à Orquestra Sinfônica do Paraná quebrando um jejum de mais de vinte anos sem a participação de um violonista paranaense solando com a orquestra que leva o nome do estado;  Além de atuar como solista, também possui uma intensa atividade com música de câmara sempre em parceria com artistas independentes e também atuando nos grupos: Duo Rebello (duo de violões com Jean Gabriel), Duo Bozanelli (violão e violino com Guilherme Romanelli).  Walmor teve como principal professor o renomado violonista Fábio Zanon, com quem estudou por mais de dez anos. Para realização de seus concertos Walmor utiliza o violão Sérgio Abreu n.1, instrumento que está em posse do artista através da vontade do próprio luthier, e também utiliza as cordas RC Strings NT de seu renomado patrocinador Royal Classics Strings (Espanha).

bottom of page